Pesquisar
Close this search box.

Jornalistas salvaram vidas na ditadura em Sergipe, mas a imprensa local calou diante de sequestros e torturas. Veja os nomes da Operação Cajueiro

Com esta reportagem, a Mangue Jornalismo conclui o capítulo da Operação Cajueiro, uma ação militar sigilosa ocorrida em Aracaju a partir de fevereiro de 1976.
O objetivo da operação era prender suspeitos de “atividades subversivas no estado de Sergipe”. Foi uma ação extremamente violenta, como sequestros e torturas nas dependências do quartel do Exército em Aracaju.

Torturas deixaram cego militante do PCB durante a ditadura em Sergipe. Veja a lista de 29 pessoas, muitas sequestradas e torturadas na Operação Cajueiro

“Fui levado para as dependências do Exército aqui em Aracaju e estupidamente torturado. Tenho marcas no pulso, pois fui algemado, tomei choques elétricos, pontapés nas costelas, enfim, foi uma barbaridade inconfessável. Após 50 dias preso e depois de passar uma semana sendo torturado, perdi a visão imediatamente quando saí de lá”. Este é parte do depoimento de Milton Coelho, que era militante do Partido Comunista Brasileiro (PCB) quando foi torturado em 1976.

Menu

Pular para o conteúdo