Pesquisar
Close this search box.

Prisão em Itamaracá, greves de fome, movimento feminino, anistia e a volta para Aracaju. A segunda parte da jornada de Bosco e Ana da ditadura militar

Tomando por base esse documento, a Mangue Jornalismo vem publicando reportagens sobre o golpe e a ditadura em Sergipe. No caso de Ana e Bosco, além de constar no relatório da CEV/SE, Joana Côrtes, filha do casal, publicou em 2015 a obra “Dossiê Itamaracá”, que conta os percalços sofridos por Bosco em Pernambuco. O primeiro texto sobre eles foi: Prisões e torturas contra Ana Côrtes e Bosco Rolemberg na ditadura militar. Este segundo, mostra os anos de prisão de Bosco em Itamaracá, a ação do movimento feminino, o processo de anistia e a volta para Aracaju.

Menu

Pular para o conteúdo