Pesquisar
Close this search box.

Classificado na Lei Paulo Gustavo, Banese patrocinou eventos privados e negou recurso ao FASC. As estranhas movimentações no Banco do Estado de Sergipe

sexta-feira (12) o resultado preliminar da Lei Paulo Gustavo, também conhecida como LPG, que destina recursos federais ao setor cultural em todo o país.

Dentre os contemplados, um nome chamou muito a atenção: Banese. O Banco do Estado de Sergipe, uma das poucas instituições estaduais do tipo no Brasil, foi classificado na categoria que concede recursos para reforma ou manutenção de salas de cinema.

Menu

Pular para o conteúdo